Imagine, em pleno sertão baiano, em uma região agreste, porém bela, onde predomina a falta d´água, encontrar cidades como Cipó, estância hidromineral que mais parece oásis. Esta cidade assemelha-se a bonitos jardins que emergem em plena caatinga, como uma dádiva para aqueles que procuram se refugiar em locais agradáveis, próprios para o turismo. Situada à margem direita do rio Itapicuru, Cipó fica a 242 km de Salvador, no nordeste baiano, e ainda guarda resquícios de tempos áureos, da década de 50, época dos cassinos que impulsionaram por algum tempo o turismo na região. A importância desta estância no cenário nacional pode ser avaliada com a inauguração do Grande Hotel Caldas de Cipó. Empreendimento grandioso que até hoje chama a atenção pela imponência de sua arquitetura, o hotel levou oito anos para ser totalmente construído e foi inaugurado em 24 de junho de 1952, pelo então presidente da República Getúlio Vargas.

Fonte: http://www.visiteabahia.com.br/

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

PONTOS TURÍSTICOS

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Confira as fotos!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Caldas de Cipó é muito conhecida pelas suas águas termais, o Grande Hotel (inativo),O Balneário (coberto pelo mato) entre outros. Além das águas termais, nossa cidade é abençoada por outras águas. Esquecendo um pouquinho da água que chega aos lares cipoenses (muito ruim), vamos apresentar uma outra cidade, conhecida por poucos. Muita gente conhece a praia do Mangue Seco, indo para o Amari, ou então a Bica do Curral Novo, só que no caminho para esses lugares temos verdadeiros oásis à beira do rio Itapicurú, como a ponte quebrada, localizada a uns 5 quilômetros do centro da cidade, construída nos anos 90 e destruída, em parte, pela força das águas, local propício para prática da pesca e do mergulho; 7 quilômetros depois, entramos na Roncaria, local paradisíaco com uma pequena queda d’água, sombreada por um paredão de árvores, inclusive com uma área de grama rasteira ideal para a prática de camping, mais 5 quilômetros depois da Roncaria temos a Bica do Curral Novo, lá você encontra o bar do Galego com uma cervejinha gelada e galinha caipira feita na hora. Vamos aproveitar o que a natureza oferece, sem destruí-la. Preserve o meio ambiente, seus filhos e netos agradecem.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Matéria: Flávio Leone / Fotos: www.arildoleone.com

2 comentários:

  1. LUGAR LINDO DEMAIS!!!

    FLAVINHO O SITE DA MASSA VIU!!

    ABRAÇOS

    ResponderExcluir